1. Blog
  2. Desenvolvimento pessoal
  3. Disciplina e a regra dos 2 dias

Disciplina e a regra dos 2 dias

05 de julho de 2021
Desenvolvimento pessoal
por Paty Perdigão
Já ouviu falar na regra dos 2 dias?

Ela faz parte da construção de mini hábitos do especialista em produtividade, Matt D'Avella para que você nunca pule algo que esteja tentando fazer, ou um hábito que esteja tentando construir, por dois dias seguidos ou mais. 

Um dia desses, quando as crianças retomaram as aulas, eu decidi me colocar um desafio de 21 dias de yoga. Seguidos, sem descanso. Aquela disciplina rígida que eu me colocava às vezes, sem perceber, quando me percebia no estágio de falta de consistência. Não só pro yoga, mas para várias coisas da vida.

Primeiro dia, ótimo. Motivação total. Segundo dia também, maravilha.

Terceiro, ok. Mas no quarto, que era um domingo em família, acabei deixando escapar. Pulei a minha prática de Yoga. 

Eu tinha duas possibilidades. Me frustrar e jogar tudo pro alto por me sentir incapaz de completar um desafio desses. Bem típico de Vata, que começa e não termina. 

Ou apenas flexibilizar um dia, e retomar no outro. 

E assim fiz. A sensação no final, mesmo tem pulado um dia, foi de missão cumprida. Completei o desafio, com flexibilidade sim, mas com consistência, leveza e com a clareza do porque comecei. 

É a flexibilidade na disciplina, e não a rigidez, que faz o hábito ficar. A regra dos dois dias pode ser um ótimo aliado na construção de hábitos elásticos e duradouros, justamente porque permite essa flexibilidade pra cobrir imprevistos ou respiros que a vida nos incita a dar.

E você, como lida na construção de um novo hábito? Pesa mais pra disciplina rígida ou pra falta de consistência? Consegue lidar com a flexibilidade ou acaba pulando do 8 ou 80?

Quem sabe a regra dos dias não é o “aval” de flexibilidade que falta pro seu hábito ficar?! 

Experimenta.
O que é
Namah?

shopping_cart Meu Carrinho

attach_moneyPagamento

0.39373707771301 - 8|6