1. Blog
  2. Desenvolvimento pessoal
  3. O futuro é humano.

O futuro é humano.

08 de janeiro de 2021
Desenvolvimento pessoal
por Paty Perdigão

Sabe o que separa uma pessoa que tinha sucesso no passado e uma pessoa que tem sucesso hoje? A adaptabilidade. A única certeza que temos na vida é que nós vamos mudar. Em um dia descobrimos as respostas para os nossos questionamentos, no outro novas perguntas surgem.

Não é novidade, e Charles Darwin já dizia lá em 1800, “não é a espécie mais forte ou mais inteligente que sobrevive. E sim a espécie que melhor se adapta às mudanças.”

Acontece que agora o mundo está mudando em uma velocidade muito maior. Uma velocidade nunca experimentada antes. Estamos vivendo no mundo VUCA, ou VICA em português. Esse termo surgiu no contexto militar da guerra fria e era usado para falar de um ambiente extremamente agressivo e desafiador. Hoje esse ambiente deixou de estar concentrado no contexto militar e se alastrou pelo mundo. VICA, que significa Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo, nos mostra que aquilo que nos trouxe até aqui não é o que vai nos fazer mover pra na frente.

E quando a gente olha para as competências necessárias para lidar com esse novo mundo, a gente se depara cada vez mais com o emocional. Sim, competências “soft”. Em um mundo cada vez mais digital, brilha quem é humano.

Vou além. Em uma era tecnológica, só é feliz quem alavanca sua essência humana.

Parece orgânico, mas não é.

Reflete comigo. Nós não fomos ensinados, culturalmente, a sermos humanos. A escola como conhecemos foi criada para atender a demanda da indústria. A grade curricular é a mesma para todos. G-R-A-D-E. Onde está o olhar individual? A essência única? Você consegue perceber como o seu potencial se alavanca toda vez que você se sente reconhecido como indivíduo, único, humano, capaz de performar, de fazer a diferença. Onde entra a educação nisso?

A nova economia vem para mostrar que o modelo industrial não nos serve mais enquanto sociedade. Pensar o futuro de forma mais humana é se perguntar: qual o meu papel e a minha capacidade de ser mais humano? Na educação do sistema, na educação dentro de casa, na minha auto educação. Por agora, a reflexão é um bom começo.

Precisamos ter coragem para assumir o potencial humano de criar. E quem poderá liderar as transformações se não nós?

Quando a gente se conecta com a nossa natureza humana, percebemos que no fundo já temos todas as respostas, inclusive para as perguntas que ainda não existem.

O que é
Namah?

shopping_cart Meu Carrinho

attach_moneyPagamento

0.30518007278442 - 8|6